7 de agosto de 2017

MocaReviews | Lola and the Boy Next Door



Depois de ontem vos ter falado do primeiro livro da autora Stephanie Perkins, hoje falo-vos do segundo - Lola and the Boy Next Door. Este foi publicado pela primeira vez em 2011 e a minha edição foi publicada no Reino Unido pela Usborne Publishing em 2014. Em Portugal, eu não sei se o livro se encontra traduzido ou não. 

Vamos então à sinopse? 
Sinopse: A designer em ascensão Lola Nolan não acredita em moda... ela acredita em costume. Quanto mais expressivo o outfit - quanto mais cintilante, mais selvagem - melhor. E a vida está bastante perto de ser perfeita para a Lola, especialmente com o seu namorado rocker.
Isto é, até que os gémeos Bell, Calliope e Cricket, voltam para o bairro e desenterram um passado de mágoa que a Lola pensou estar enterrado há muito tempo. Portanto quando o talentoso inventor Cricket sai da sombra da irmã gémea e volta para a vida da Lola, ela tem de enfrentar uma vida inteira de sentimentos pelo "rapaz da porta ao lado".



Opinião: Eu li, na verdade eu devorei, este livro em nove horas. Sim, nove horas foram o suficiente para eu ler mais uma história YA escrita pela maravilhosa Stephanie Perkins. 
Este é o segundo livro da “triologia” e São Francisco foi o cenário escolhido para acolher esta história maravilhosa, mas também cheia de mal-entendidos, protagonizada por uma rapariga que adora disfarces e o rapaz que esteve lá desde o início. Apesar de este ser o segundo livro, e de conter personagens do primeiro, não é necessário ler o primeiro para entender a história, que segue mais ou menos as mesmas linhas orientadoras do primeiro, sem soar a repetição. Portanto, eu também adorei a história e fiquei triste quando acabou porque gostava de ter mais informação sobre o futuro dos personagens, algo que espero ver resolvido no terceiro e último livro (que pena que ainda não o tenho comigo). Ah! E também acho que a adaptação cinematográfica é necessária, principalmente porque não há produções suficientes que ocorram em São Francisco. 

Espero que tenham gostado? Já conheciam este livro?
Beijinhos e até à próxima.

6 de agosto de 2017

MocaReviews | Anna and the French Kiss

Hoje a review é do primeiro livro da autora americana Stephanie Perkins, Anna and the French Kiss (em português: Anna e o Beijo Francês). Este livro foi publicado em 2010, pela primeira vez, e a minha edição foi publicada no Reino Unido pela Usborne Publishing, em 2014. Em Portugal, é um livro editado pela Editora 5ª Essência. 

Depois de todos estes pormenores desinteressantes devem querer uma sinopse não? Então cá vai!

Sinopse: A Anna tinha tudo planeado - ela estava prestes a começar o senior year com a sua melhor amiga, ela tinha um bom emprego ao fim-de-semana, e o relacionamento com a sua crush do trabalho parecia que poderia estar a avançar... Até que o pai dela decide enviá-la para Paris ou para 4383 milhas de distância. Sozinha.
Mas apesar de não falar uma única palavra em Francês, a Anna faz novos amigos, incluindo Étienne St. Clair, o inteligente, lindo rapaz do piso de cima. Mas ele está comprometido - e a Anna pode estar também. Será que um ano de romantic near-misses vai acabar com o beijo francês de que ela está à espera?


Agora que já sabem do que se trata, vou dizer-vos o que achei do livro.
Este é o tipo de história que me deixa curiosa para saber quando e como é que o casalinho vai perceber que não pode fugir mais ao amor que sente. Assim, a história da Anna e do St. Clair (não acho apropriado chamar-lhe Étienne, e se lerem o livro vão perceber porquê) é tão fofa e tão cheia de mal-entendidos, que só dois adolescentes apaixonados conseguem inventar, que chega a ser hilariante ler e imaginar tudo. Sinceramente, é dos melhores YA que já li, em termos de história, personagens e escrita, e não acredito que demorei tanto tempo para o terminar, quando claramente o conseguia fazer em menos de um dia.
Com tudo isto, juro que não entendo como é que este livro ainda não foi transformado em filme, este e os outros dois que compõem a "triologia". Imaginem os cenários Paris, Atlanta, São Francisco e Nova Iorque e também os personagens que se movem com a história e os seus cenários principais.

Espero que tenham gostado. Já tinham ouvido falar deste livro? E da autora?
Beijinhos e até à próxima.