26 de abril de 2017

LookdaMoca #3 | New York Love At 1st Sight


Estou de volta com os posts de looks! O de hoje é bastante simples, casual e confortável, mas é uma reflexão do meu 'go to outfit', e funciona tanto durante a primavera como durante o verão.

As fotos foram tiradas num túnel que existe perto da minha casa e foram as primeiras que tirei com a DSLR, mas acho que ficaram bastante boas para a primeira vez a usar a câmara e a fotógrafa foi a minha prima Marta, por isso: Obrigada!




T-shirt: MO
Calças: Primark
Sandálias: In Shoes
Choker: @ba.la.labiju
Relógio: Calypso
Mala: Rodier
Espero que tenham gostado. O que acharam das fotos? Vou confessar que a minha preferida é a segunda.  E, quantos looks estão preparadas para ver fotografados neste sítio? Porque eu estou a pensar em vários...
Beijinhos e até à próxima.

24 de abril de 2017

Maquilha e Fala #1 | Ausência, Câmara Nova, Cães e Aleatoriedades

Olá! Hoje trago-vos o meu primeiro maquilha e fala, que eu sinto que precisa de um nome personalizado, por isso se tiverem sugestões deixem nos comentários.

Maquilha

Por ser o primeiro ou porque eu gosto imenso de falar, o vídeo ficou um bocadinho longo, mas inicialmente tinha uma hora, portanto acho que fiz um bom trabalho na edição. Falando em edição, este foi o primeiro vídeo que editei com o Vegas Pro 14 (anteriormente usava o Filmora) e até achei o programa intuitivo.

Neste vídeo falei-vos da minha ausência do blog e do canal, da minha câmara nova, dos meus cães (e do meu medo deles), da batalha Instragram Stories vs Snapchat e de outras coisas aleatórias. Como ao longo do vídeo não vos disse quais os produtos que utilizei, resolvi fotografá-los.


Maquilha
Maquilha
Maquilha
Maquilha

Espero que tenham gostado do vídeo, que apesar de fazer parte de um conjunto de primeiras vezes, acho que ficou decente. E, se tiverem cães estão à vontade para deixar dicas para os treinar, a sério!
Beijinhos e até à próxima.

19 de abril de 2017

Update | Um mês depois, o que muda?

Olá!!!!! Estou de volta e desta vez acho que é mesmo para ficar. Passaram praticamente 30 dias desde a minha última publicação por aqui e, para ser sincera, o meu regresso ia acontecer com o vídeo que estava a editar até à cinco minutos atrás e que me inspirou para escrever isto, pois achei que devia aprofundar algumas coisas que digo no vídeo e porque um bocadinho de espontaneidade é sempre bom.

Então, por onde começo? Pelo início é sempre a melhor opção, não é? 

Este meu desaparecimento do blog não foi algo que planeei, mas é algo que agora sei que precisava de acontecer, porque eu dei por mim a produzir conteúdo só por produzir. Tudo isto se tinha tornado um fardo na minha cabeça: o que ia escrever, o que não ia escrever, o que tinha de fotografar, quando ia publicar, etc. E agora sei que esta pausa era algo que ia acontecer mais cedo ou mais tarde, porque eu estava a tornar-me cada vez mais irregular com o meu próprio horário de publicação até que simplesmente deixei de publicar o que quer que fosse.

Durante este tempo, mesmo que involuntariamente pensei bastante no rumo que quero dar a este meu cantinho de que tanto gosto e acho que já sei o que quero e o que não quero fazer com ele.

Não Quero... mudar o nome do blog, apesar de (Spoiler Alert!) eu dizer que estou a pensar fazer isso no próximo vídeo que vai sair no canal.
Quero... mudar o design: tipos de letra, cores, header, tema, etc, porque não me sinto satisfeita com a forma como está agora. Mas a mudança só deve acontecer no verão, porque será a única altura em que terei tempo para o fazer.
Quero... mudar o nome de algumas rubricas, ressuscitar outras e enterrar gradualmente outras com que já não me identifico.
Quero... publicar mais textos originais e mais reviews de filmes, séries e livros.
Quero... gravar mais vídeos.
Quero... publicar conteúdo em inglês.
Quero... fazer mais diários de viagem.
Não Quero... voltar a desrespeitar o meu horário de publicação, que para quem não sabe é às quartas e domingos às 18h.
Acima de tudo, Quero... sentir-me feliz com o que faço por aqui e fazê-lo durante mais algum tempo.

Espero que tenham gostado e que me tenha feito entender. E vocês, também já passaram por uma fase semelhante a esta? Como a ultrapassaram e quanto tempo demoraram para o fazer?
Beijinhos e até à próxima.