21 de junho de 2013

Marley & Eu - A Vida e o Amor do Pior Cão do Mundo



Vou ser sincera, não gosto de animais mas também não lhes quero mal. Acho que é por ter medo deles, já que sempre que olho para eles, por mais pequenos e inofensivos que pareçam eu vejo-os como se fossem monstros de sete cabeças (medooo!!!). Eu tento, a sério que tento achá-los fofos e queridos mas simplesmente não consigo e com o tempo acabei por aceitar isso como algo que nasceu comigo e que irá também morrer comigo.

Mas como eu disse, eu tento gostar de animais e por isso vejo filmes e leio livros relacionados com o tema. Por essa razão e adicionando o fato de já ter visto o filme Marley & Eu decidi ler o livro homónimo, escrito por John Grogan, que tal como acontece na maioria das vezes é um bocadinho diferente do filme porque os filmes são baseados nos livros não a cópia integral dos mesmos.

Talvez por não adorar animais não estivesse com muitas expectativas quanto à história real mas foi só ler a primeira página para ficar agarrada ao livro, imaginando como seria se isto se tivesse passado comigo (tal como o próprio John Grogan diz esta podia ser a história de qualquer pessoa) e só sei que passei os últimos capítulos a chorar como se eu estivesse lá, tal como me aconteceu nos momentos finais do filme.

Sei que a maioria das pessoas já deve ter lido o livro ou visto o filme mas para quem não conhece a história eu apenas digo que é sobre como o pior cão do mundo pode mudar (para melhor) a vida de uma família inteira, com muitos momentos divertidos mas também com alguns bem tensos.

Por fim fica a dica, se já leram o livro releiam-no se já viram o filme revejam-no, de preferência em família e se tiverem algum animal de estimação juntem-no à festa, de certeza que ele vai adorar. E se forem muito sensíveis não se esqueçam dos lenços porque as emoções fortes estão garantidas (até para mim).

Beijos e até à próxima!